Lançado Programa Anual de Arborização Urbana 2014

Iniciativa do GDF prevê o plantio de 100 mil mudas em todas as cidades do Distrito Federal até fim do ano
BRASÍLIA (13/1/13) – O "Programa Anual de Arborização Urbana 2014", que prevê o plantio de 100 mil mudas em todas as cidades do Distrito Federal até o fim do ano, foi lançado nesta segunda-feira (13) no Parque da Cidade Sarah Kubitschek. O anúncio foi feito pelo governador Agnelo Queiroz, após visita ao Viveiro II da Novacap
 "Nossa meta é manter, todos os anos, o calendário desse programa para plantar mudas. Isso é muito importante porque vamos manter as cidades verdes e com ar puro, características difíceis de se ver em outros estados do Brasil", avaliou o governador, que plantou e regou algumas mudas com a ajuda da primeira-dama, Ilza Queiroz.
 Entre as espécies a serem distribuídas pelo DF estão jabuticabeiras, ingazeiros, mangueiras, amoreiras, pitangueiras, nespereiras, tamarineiros, mangueiras, amoreiras, araçás, jenipapeiros e outras espécies.
 Das mudas, 500 já foram colocadas no Parque da Cidade, que receberá 1.079 de 80 espécies frutíferas. Elas ficarão em áreas próximas a estacionamentos, pistas de caminhada e ciclovias. Ao todo, o Plano Piloto receberá 11 mil mudas, 1,5 mil delas para reposição de árvores nas quadras residenciais. (Veja a tabela abaixo com todas as cidades).

LOCAL
QUATIDADE
LOCAL
QUANTIDADE
BRASÍLIA
11 MIL
RECANTO DAS EMAS
3 MIL
GAMA
6 MIL
LAGO SUL
3,3 MIL
TAGUATINGA
4,5 MIL
RIACHO FUNDO I
1,2 MIL
BRAZLÂNDIA
1,6 MIL
LAGO NORTE
2,2 MIL
SOBRADINHO I
2,5
CANDANGOLÂNDIA
300
PLANALTINA
2 MIL
ÁGUAS CLARAS
2 MIL
PARANOÁ
3 MIL
RIACHO FUNDO II
2 MIL
NÚCLEO BANDEIRANTE
1,1 MIL
SUDOESTE/
OCTOGONAL
2,5 MIL
CEILÂNDIA
4 MIL
VARJÃO
300
GUARÁ I E II
2 MIL
PARK WAY
3 MIL
CRUZEIRO
500
ESTRUTURAL
1 MIL
SAMAMBAIA
8 MIL
SOBRADINHO II
1,5 MIL
SANTA MARIA
2 MIL
JARDIM BOTÂNICO
1,5 MIL
SÃO SEBASTIÃO
2 MIL
PARQUES
13 MIL
SIA
1,5 MIL
PLANTIO POR OBRAS
7 MIL
VICENTE PIRES
1 MIL
RODOVIAS
3,2 MIL
ITAPOÃ
1 MIL
TOTAL: 100 MIL
FERCAL
300

AÇÕES AMBIENTAIS - Além dessa iniciativa, o GDF desenvolve outros projetos de cunho sustentável, como o "Brasília, cidade parque", lançado em 2011. A iniciativa visa a restaurar os 72 parques do DF com recursos oriundos de compensação ambiental, ou seja, vindos de empresas que praticam atividades degradantes ao ambiente e ressarcem financeiramente o Estado.
 Com isso, 12 parques já foram devolvidos reformados e revitalizados, entre eles Areal, Asa Sul, Dom Bosco (Lago Sul), Olhos D'água (Asa Norte), Bosque (Sudoeste), Águas Claras, Jequitibás (Sobradinho), Jardim Botânico, Ezechias Heringer (Guará) e Três Meninas (Samambaia). Até julho, serão entregues 30 parques restaurados pelo programa.
Compartilhar

Por: SAC Sistema Alternativo de Comunicação