Metrô-DF entra em greve parcial

Funcionários exigem contratação de corpo efetivo
Na manhã desta segunda-feira (21/10) os metroviários do Distrito Federal aderiram a paralisação parcial.
Com meia hora de atraso para o início do turno que deveria começar às 6h, apenas 7 dos 32 trens funcionaram nesse turno.
Os funcionários reivindicam contratação de mais 1.200 pessoas para o setor de operações, onde atualmente são 600 efetivos, e aumento do corpo efetivo dos seguranças, pois a maior parte deles são terceirizados.
O momento é de negociação. A previsão para lançamento de edital é para dezembro deste ano.
Caso não seja feito acordo, os metroviários irão paralisar por tempo indeterminado.
Compartilhar

Por: SAC Sistema Alternativo de Comunicação